Verónica ... Larrenne

20.1.12


Foi pelas páginas das redes sociais, naqueles dias que vamos alimentando uma certa curiosidade alheia, que cheguei a uma página de fãs e num primeiro impacto, deixei-me seduzir pela imagem genuína de um olhar, de um microfone aparentemente esquecido e perdido no seu tempo...

Aprofundei a minha curiosidade e li a informação, extensa, (deve-se  ao curriculum invejável que tens - Parabéns).

Naquele momento fiquei por ali, até que dias mais tarde, quis alguma coincidência do destino que me fosse avivada a memória e um colega meu, do nada, desenvolveu uma conversa comigo sobre uma rapariga que gostava de ouvir actuar... 
'Verónica', disse ele, 'os melhores live acts de House Music', arrematou, e num computador, mostrou-me a página onde eu, cúmplice, já era fã.


Depressa fui contagiado por uma das muitas músicas, enérgicas, e assumo, (é segredo, não comentem com ninguém - risos), que nos dias que se seguiram só cantava, (ou arranhava - desculpa Verónica), 'Há quem me diga que é sempre tudo igual ... Penso que esse é um reflexo de uma vida banal'...

 Ouçam ... e sintam, sempre que quiseres falar

Tive o enorme prazer de a conhecer e asseguro-vos que é uma pessoa fantástica, com atitude.
De uma força inigualável, asseguro-vos, ama viver, é espontânea e muito directa, (gostamos disso). 
Uma lutadora e, felizmente, vencedora, fruto da sua perseverança.
Gosta do céu e do mar e dificilmente perde uma boa viagem. 

Estaria aqui horas, pouco ou nada disse de uma pessoa de quem teria tanto para falar...

Independentemente disso, o seu trabalho fala por si, e neste momento, apesar de estar aqui a escrever, (e com uma das suas músicas como som de fundo - inspira-me), só me apetecia dançar ... what about you?

 

Pessoas completas, inspirações genuínas!

E se há quem diga que na vida tudo tem um equilíbrio, ou somos bonitos, ou somos talentosos, quis essa mesma vida que existisse uma excepção, (esperemos que não única), 
Verónica Larrenne ♥





Um beijo, amiga Verónica, e até já ♥

You Might Also Like

3 comentários

  1. Amigo nao tenho palavras para AGRADECER as tuas palavras e Sincera HOMENAGEM á minha pessoa...
    SENTI,VIVI,E AMEI tudo o que escreveste ...
    Um beijo muito grande de uma pessoa que bem me conhece e na qual tanto me identifico...
    ÉS FANTASTICO...muito OBRIGADO querido*
    A.M.E.I

    ResponderEliminar
  2. Embora não a conhecendo como a conhece, partilho do que disse. Assisti, como um viciado, a vários concertos da Verónica no Casino de Espinho. De facto sente-se: sente-se a presença; sente-se a inspiração; sente-se a emoção; sente-se a felicidade; sente-se a vontade de dar; sente-se o caráter e lealdade ao sonho. Sinto saudades....ainda bem que existe.
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pedro

      Desde já agradeço a sua visita, o meu Obrigado.
      Concordo e subscrevo, se me permite, sente-se, de facto..Sente-se.
      Excelente artista, excelente pessoa.
      Ainda hoje trago no ouvido a primeira música que me marcou, e ainda marca, 'sempre que quiseres falar' ♥

      Um abraço, Pedro, e uma vez mais, Obrigado.

      Eliminar

Like me on Facebook

Seguidores

Subscribe

Subscribe